fbpx

Descubra o que é e como fazer copy de vendas

Imagem com fundo rosa com dois livros, um computador, um óculos e uma mão segundando um lápis e escrevendo uma copy de vendas em um caderno

Descubra o que é e como fazer copy de vendas

Criando a copy de vendas ou copywriting, da forma correta ela pode ser um facilitador de vendas para seu negócio!

Muito confundida com texto ou redação publicitária, a copy de vendas trabalha alguns gatilhos e formas de produzir textos na página de vendas do seu produto. A copy é pensada para conter informações estratégicas e para fazer com que seu público ache a página de vendas coerente com o que ele precisa no momento. Ou seja, a copy de vendas é responsável por dar aquele empurrãozinho final nos seus clientes na hora de fechar a compra.

O QUE É DE FATO, A COPY DE VENDAS?

A forma correta de definir uma copy de vendas é dizendo que ela é mais uma forma de convencer seus clientes a realizar a compra. Além de apresentar características persuasivas, as copywriting (principalmente de quem atual no meio digital) contém técnicas de escrita estratégica do texto, ao longo da página de vendas para prender a atenção de quem está lendo e certificar de que essa pessoa desça até o fim da página.

Além disso, uma copy de vendas bem feita, consegue eliminar eventuais dúvidas ou objeções sobre aquilo que você está vendendo. E mais, ela quebra barreiras, previamente impostas, por seus potenciais clientes, antes de entrar na página de vendas do site para dar aquela “namorada” no produto. A copy de vendas pode ser considerada um facilitador enorme, que promove o desejo e prende a atenção de quem está interessado em comprar. Isso tudo por meio da apresentação de informações técnicas e objetivas somadas à alguns gatilhos super funcionais.

E COMO CRIAR UMA COPY DE VENDAS REALMENTE ATRATIVA?

Para criar uma copy eficaz, é legal você começar pelos pontos mais importantes: seu produto e seu público. É a partir deles que você vai saber o que dizer e o que não dizer para agradar seu público e despertar alguns gatilhos, como o gatilho do pertencimento e o das provas sociais, por exemplo.

É super importante também, na hora de criar a sua copy, que você saiba diferenciar marketing de conteúdo, redação publicitária e a copy de vendas. O espaço entre uma copy realmente boa e uma copy que deixa a desejar, está justamente entre essas três modalidade de conteúdo/texto e no modo como você entende e trabalha cada uma delas. Se por acaso bateu um branco ou você ficou com dúvida, vamos recapitular rapidamente:

  • No marketing de conteúdo: Quando se trabalha com marketing de conteúdo, você cria e promove conteúdos pautadas nas dores, desejos ou sonhos da sua persona ou na persona do cliente. Esses conteúdos são voltados para um canal exclusivo ou não, e podem ter várias finalidades: engajar, atrair público, gerar valor ou converter vendas, por exemplo.

  • Redação publicitária: Aqui não é somente o texto que faz a diferença, mas sim um conjunto de estratégias que o profissional de publicidade precisa desenvolver e aperfeiçoar dentro de uma campanha como um todo, para que ela seja sucedida. Dentre essas estratégias estão: linguagem, estruturação e tamanho do texto, design e mídias em que cada texto precisa ou deve ser veiculado. 

  • Copywriting: Como já explicamos, não somente o texto mas como toda a página de vendas precisa ser estruturada e pensada para que as necessidades do seu público sejam expostas, os problemas sejam exemplificados, solução oferecida e a validação do seu produto seja mostrada ao final.

Agora que você já sabe o que é copy de vendas, o que deve fazer e o que não fazer, mãos à obra!

1ª COISA – APRESENTE SEU PRODUTO

Você já viu alguém vender um produto sem falar dele antes? Pois é, na copy é a mesma coisa também! Fale do seu produto como se estivesse frente a frente com um de seus potenciais clientes e venda seu peixe (ou produto, né?!).

É legal que você estruture essa mini apresentação em:

Um cumprimento inicial

Apresentação do nome do curso 

Características e benefícios do produto 

E feche com a conclusão de qual o maior benefício o produto trará.

E não se esqueça que essa parte precisa ser mega resumida, como no exemplo:

Imagem  da copy de vendas com um fundo rosa e um texto com  em branco dando as boas vindas para alunas do instaboss
Copy de vendas da página do nosso curso de Instagram

2ª COISA –  MOSTRE QUE SEU PRODUTO É PARA QUEM ESTÁ LENDO

Aqui você vai falar sobre os desejos e todas as aspirações do seu público alvo. Mostre sutilmente que seu produto é uma forma de alcançar tudo que eles desejam e faça com que eles comecem a pensar sobre ele com uma nova ótica: a de resolução de problemas. Não poupe elogios na hora de falar tudo que seu produto pode resultar, isso, a partir do problema ou desejo do seu comprador. Mas seja clara, não dê muitos rodeios ou redija um mega texto, cheio de termos muito técnicos. Aqui a intenção é gerar gatilhos, não preguiça.

Algumas dicas para gerar esse tipo de texto:

Pense nas dores do seu público;

Trabalhe os desejos e sonhos;

Insira seu produto nos dois itens acima;

Organize todos os benefícios do seu produto;

Mescle o que seu produto tem a oferecer com os problema de quem irá comprar;

Imagem da copy de vendas  com um fundo rosa e texto com letras rosas em um formato de lista que indica para quem é o curso Instaboss.

3ª COISA – TOQUE NA FERIDA DO PÚBLICO

Agora chegou a hora de falar abertamente sobre o que fez seu público alvo chegar até ali, e mostrar, claro, que seu produto vai salvar a vida dele. Nessa parte, a primeira coisa é pensar no intuito inicial do seu produto e qual o objetivo final dele, na vida de quem comprar. 

Apresente os problemas do seu público, de forma clara mas sutil, obviamente. Faça com que seu produto seja percebido como um resolvedor para aquilo, como uma poção mágica ou um presente que se adquirido, o problema possivelmente será resolvido.

Algumas perguntas para desenvolver essa parte:

Meu produto foi criado para ajudar quem?

Como ele ajuda?

Ele resolve quais tipos de problema?

Em quanto tempo?

Quais as características do produto que podem ajudar meu cliente?

Lembrando que essa é uma página de vendas, então seja sucinta e não se delongue demais, para não perder a atenção do seu público para o tédio.

imagem da copy de vendas com fundo rosa e quatro recortes de imagens diferentes para expressar emoções diversificadas de acordo com os problemas das alunas!
imagem da página de vendas do curso instaboss

4ª COISA – DIGA DETALHADAMENTE O QUE SEU CLIENTE IRÁ ENCONTRAR OU O QUE NÃO IRÁ ENCONTRAR 

Realidade é uma coisa bem requisitada se você deseja ser uma copywriter. Não faça propagandas enganosas, mas também não deixe de falar muito bem sobre tudo que tem de bom no seu produto. Aqui você não precisa ser modesta mas também não precisa exagerar, queremos realidade bem escrita e bem explicada para que todos possam entender o que tem no seu produto.

Expectativas alheias é algo que nenhum de nós tem controle, não é? Principalmente quando se trata de algum artigo de venda. E para diminuir as frustrações ou para não acharem que você anuncia o que não vende, é legal você deixar claro também, o que o cliente não encontrará dentro do seu produto.

Exemplo:

Imagem  da copy de vendas  listra três módulos do curso de instagram e contem um fundo lilás com texto em branco.
exemplo de módulos capturados da nossa página de vendas no instagram!

5ª COISA – FALE SOBRE OS BENEFÍCIOS QUE SEU PRODUTO JÁ FORNECEU PARA QUEM JÁ ADQUIRIU

Um dos gatilhos mais importantes e poderosos da copy, é o da prova social. Aqui você precisa mostrar para seus clientes que o produto é bom sim e que foi aprovado por outras pessoas, que também tinham os mesmos problemas. Essa etapa da copy se consiste basicamente em pegar depoimentos de seus clientes anteriores e inserir na página de vendas, colocando nas palavras de pessoas que não sejam você e nem sua equipe, tudo aquilo que o curso proporcionou para elas.

Ou se você estiver começando agora e for o caso de um dos seus primeiros lançamentos, outro tipo de prova social pode ser a sua própria validação, Você pode por exemplo,  mostrar como seu método, produto ou serviço funcionou para você e como ele pode ser bem sucedido para seus clientes.  Aprenda a vender melhor aqui.

Exemplo:

imagem  copy de vendas com fundo rosa e cinco recortes de imagens com opiniões de alunas que já compraram o curso
prova social da página de vendas do curso Instaboss

E POR ÚLTIMO – BOAS PRÁTICAS PARA FAZER COPYS QUE VENDEM

Não se esqueça dos CTA’s 

Os CTA’s são seus melhores amigos quando se trata de vendas, então não se esqueça deles. Leve seus possíveis clientes a tomada de decisão de compra a partir de palavras chaves e comandos sucintos. Mas cuidado para não usar muitos verbos no imperativo e sair mandando.

a imagem da copy de vendas contem um botão de call to to action e com texto em branco!
CTA da nossa página de vendas do nosso curso do instagram

Aplique seu estilo/jeito na sua copy

Fazer seu público se sentir familiarizado com o que você escreve é parte do processo também. Não se distancie da linguagem que você usa, do design ou identidade visual. As pessoas podem notar a diferença e acabar por não comprar.

Use palavras chaves e descarte palavras sem utilidade

Quando você usa palavras-chave, você lembra o leitor o tempo todo, porque ele está ali e como ele vai solucionar o problema em questão.

Evite encher seu texto de termos técnicos demais ou de palavras que não fariam tanta diferença assim se fossem retiradas. O intuito da copy, como reforçamos o post inteiro, é ir direto ao ponto e não causar sentimento de tédio.

Faça um check-list utilizando os 4p’s da copy

Os 4 p´s da copy são: problema, promessa, prova e proposta. Quando estiver criando sua copy, certifique-se de que você fez e falou isso tudo ao longo da página. 

Procure despertar os seguintes  gatilhos ao longo da sua copy:

Autoridade – Como você descobriu seu método? Quais cursos ou certificações você tem? Qual fruto ele lhe rendeu? Ou o que você fez para chegar onde está e começar a oferecer esse produto?

Escassez – Procure despertar a sensação de que são poucas vagas ou que se o cliente não comprar naquele momento ele perderá a oportunidade.

Prova Social – O que as pessoas andam falando do seu produto? Quais os resultados as pessoas já conseguiram utilizando seu produto? E seus próprios resultados?

Reciprocidade – Mostre que existe uma troca ou que você está disposta a ajudar seus clientes.

Sua copy sozinha, não garante suas vendas. Como dizemos acima, ela é um facilitador de vendas. Cuide para que tudo no seu lançamento esteja perfeitamente de acordo com sua copy de vendas e com toda certeza ela será muito eficaz!

Gostou desse post? No instagram da Mulheres CEO tem muito mais conteúdos e estratégias para o seu negócio! Clique aqui para conhecer e aprender várias estratégias que podem te ajudar a fechar mais vendas!